segunda-feira, 10 de março de 2014

Alecrim Plantas que Curam



Alecrim - Uso Como Especiaria e Medicinal e seu Cultivo 
Rosmarinus oficinalis
ALECRIM
Familia : LAMIACEAE
Nome Cientifico:ROSMARINUS OFFICINALIS L.
O alecrim é originário da Costa do Mar Mediterrâneo. É também conhecido pelo nome de "Rosmarinus" que lembra a denominação latina "ros marinus" - "rosa do mar".
Para os romanos esta planta simbolizava o amor e a morte e por isto era plantada próximo à soleira das portas das casas. A igreja católica também o usava nos seus rituais, queimando-o como incenso. 

Até hoje diz-se que o alecrim é um excelente amuleto contra o "mal olhado". 
Na culinária é recomendado para carnes de porco, cabrito carneiro e peixe. É usado também para aromatizar vinagres e óleos.

Observação: Por ter um sabor muito forte, deve ser usado com moderação.
CURIOSIDADE: 

Alguns raminhos de alecrim jogados sobre as brasas enquanto se faz churrasco, deixa a carne com um aroma delicioso.

ERVAS
Alecrim
(também conhecida como alecrim-de-jardim e alecrim-rosmarino) – Erva de um verde intenso, folhas espinhosas e sabor forte. Pertence à família das labiadas, é aromática e suas flores têm propriedades estimulantes. Podem ser encontradas frescas ou desidratadas. O alecrim concentra mais seu sabor quando não está fresco. Neste caso, é recomendável usar uma quantidade menor. Tanto o ramo quanto suas folhas longas podem ser adicionadas às comidas. Sempre devem ser retiradas do prato antes deste ser servido. Excelente ingrediente para carnes, como cordeiro, frango assado, vitela, porco, carne vermelha e peixes. 

Em espanhol: romero 
Em outros idiomas: roris marini (latim), rosemary (inglês), romarin (francês), ramerino (italiano) e rosmarin (alemão).

Alecrim - folhas
(Rosmarinus officinalis)
O alecrim é uma planta que "cresce no campo sem ser semeada", muito usada também nos jardins e de todos bem conhecida.


Descrição antiga 

(in: PLANTAS QUE CURAM, abade Charles Tierry, sem data)

Arbusto aromático que floresce quase todo o ano. A sua essência entra em muitos medicamentos, composição de bálsamos para fricções, e de certos produtos de perfumaria - água de Colônia, por exemplo. 

O alecrim é, principalmente, um medicamento estimulante para todas as pessoas atacadas de debilidade extrema, e emprega-se também para combater as febres intermitentes e a febre tifóide. 
Uma tosse pertinaz desaparecerá com infusões de alecrim. 
Também se recomenda a todas as pessoas cujo estomago seja preguiçoso para digerir. 
Uma infusão de alecrim faz-se com 4 gramas de folhas por uma chávena de água a ferver. 
Tome-se depois das refeições.


Monografia
Comissão Alemã

Tradução de Herbal Drugs and phytopharmaceuticals
Usos
Internamente: Queixas dispépticas; tratamento complementar de problemas reumáticos.
Uso externo: Problemas circulatórios
Contra-indicações
Não conhecidas
Efeitos secundários
Não conhecidos
Interações com outros medicamentos
Não conhecidas
Posologia
Internamente: Dose diária de 4-6 gr de planta (folhas secas), 10-20 gotas de óleo essencial; quantidades equivalentes.
Uso externo: 50 gr para um banho; 6-10% de óleo essencial em preparações líquidas ou semi-sólidas; quantidades equivalentes.
Modo de Administração
Planta partida para infusão; planta em pó; extracto seco; outras preparações farmacêuticas para uso interno ou externo.
Efeitos
Experimentalmente: espasmolítico das vias biliares e intestino delgado, inotrópico de forma positiva, aumenta o fornecimento de sangue às coronárias.
No Homem: Irritante cutâneo, estimula a circulação sanguínea (quando usado externamente).

Folheto Informativo
Licença Padrão Alemã

Tradução de Herbal Drugs and phytopharmaceuticals
Usos
Internamente: Flatulência, sensação de distensão e pequenas desordens do foro gastro-intestinal e biliar.
Contra-indicações
As preparações de Alecrim não devem ser tomadas durante a gravidez.
Posologia e Modo de Administração
Internamente: Adicionar cerca de 150 ml de água quente a uma colher cheia (2 gr) de Alecrim. Passados 15 minutos, filtrar por coador para chá.
Se não houver indicação em contrário, beber quente uma chávena de chá recentemente preparado, três a quatro vezes por dia entre as refeições.
Uso externo: Se não houver indicação em contrário, adicionar cerca de 100 gr de Alecrim a 20 litros de água para banhar as partes afetadas.
Histórico
O nome Rosmarinus do latim significa "orvalho que vem do mar", justificado pelas flores azuladas que inundam as praias do Mediterrâneo, lembrando o orvalho. Além de ser símbolo de fidelidade entre namorados, era usado na Era Medieval para purificar os quartos de doentes. Pela reputação de estimular a memória, conta-se que estudantes gregos usavam ramos de Alecrim nos cabelos, quando submetidos a exames.
Como é produzido
O Alecrim é produzido em terra vegetal dentro de nossas estufas, com mudas de alta qualidade, através de sistema de irrigação rigorosamente controlado e nas condições e ambiente ideais para o desenvolvimento da planta.
Como usar
Os temperos Horta em Canaâ vêm prontos para uso. Retire da embalagem e corte as folhas diretamente do vaso, sem receio. Você encontrará os produtos Horta em Casaâ no seu supermercado mais próximo.
Como conservar
Mantenha sua planta fora da embalagem num pratinho, em local arejado e com boa luminosidade natural. Evite expor diretamente ao sol. Coloque água no pratinho sempre que necessário (cerca de uma vez a cada dois dias).
Como replantar
Por estar num vaso pequeno, é difícil haver uma rebrota após o primeiro corte. Para replantar (pode ser num vaso maior, jardineira ou na sua horta), escolha um local bem iluminado, faça uma cavidade maior que o vaso, e ponha um pouco de terra vegetal. Deixe secar levemente a terra do vaso, retire a muda, plante e molhe bem. Lembre-se que o sucesso do replantio depende de vários fatores. O Alecrim gosta de muita luminosidade e é perene (seca no inverno e rebrota no verão).
Uso culinário
De sabor fresco e doce, o Alecrim é recomendado no preparo de uma grande variedade de carnes, em especial de porco e carneiro. Dá sabor especial a batatas e manteigas. Pode ser usado como decoração em pratos prontos antes de servi-los. Faz parte do famoso Herbes de Provence (tempero francês com várias ervas).
Uso terapêutico
As folhas do Alecrim são recomendadas no estímulo à circulação. Também auxiliam na digestão de gorduras e no combate à dor de cabeça associada com tensão nervosa.
Rosmarinus é um termo latino que significa umidade do mar e o alecrim possivelmente recebeu este nome por crescer próximo ao mar.
Partes usadas: as folhas em forma de agulha. Fortemente aromática, relacionada a cânfora ou eucalipto, é resinosa e ligeiramenrte amarga. Tempero popular em vários países do ocidente, especialmente ao longo do Mediterrâneo (Itália e França).
Origem: Mediterrâneo, Inglaterra, Estados Unidos e México.
As folhas contêm entre 1 e 2,5% de óleo essencial, composto por 15 a 25% de cânfora.
Pode ser empregado para aromatizar vinagres. Não perde seu sabor no cozimento, como outras folhas fazem. As folhas frecas possuem aroma mais puro, sendo preferidas. Utilizado com peixes, carnes, aves e vegetais, é freqüentemente combinado a batatas, abobrinhas, berinjelas e tomates preparados em azeite. Na Itália, a carne de cordeiro é raramente preparada sem esta erva e aves assadas envoltas em ramos de alecrim são muito populares. Efeito similar pode ser obtido com ramos de alecrim colocados sobre carvão em brasa em churrasqueiras.
Por ser uma das ervas mais fragrantes, deve-se tomar cuidado para não exagerar nas quantidades utilizadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário