sábado, 13 de junho de 2015

Arnica (Arnica montana)

arnica1

Arnica

(Arnica montana)

Origem: Erva originária da Europa Central era conhecida por suas propriedades curativas e utilizada contra doenças das vias urinárias, coqueluche, desinteria.
Partes usadas: Folhas e flores
Características: Originária das regiões montanhosas da Europa, a arnica tem tem rizomas (caules subterrâneos) e raízes perenes, com caules (talos) aéreos que se renovam a cada ano. Sua altura varia de 20 a 70 cm. As folhas chegam a ter 7cm de comprimento. As flores amarelas ou alaranjadas têm forma de margarida. A arnica aclimatou-se bem nas regiões montanhosas de Minas Gerais. 

Indicações e Usos: Tem propriedades anti-inflamatórias. Utilizada em tinturas e cataplasmas, é excelente no tratamento de emergência de choques e contusões, além de distensões musculares. A arnica é tóxica.

Atenção: Não se aconselha, de forma alguma, esta erva para uso interno. As substâncias extraídas das flores e das raízes só devem ser prescritas por profissionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário