quarta-feira, 29 de julho de 2015

Capuchinha - Tropaeolum majus




  • Nome Científico: Tropaeolum majus
  • Sinonímia: Cardamindum majus, Tropaeolum elatum, Tropaeolum hortense, Tropaeolum hybridum, Tropaeolum pinnatum, Tropaeolum quinquelobum, Trophaeum majus
  • Nome Popular: Capuchinha, chagas, nastúrcio, agrião-do-méxico, flor-de-sangue, flor-de-chagas, nastúrcio, mastruço, coleária-dos-jardins
  • Família: Tropaeolaceae
  • Divisão: Angiospermae
  • Origem: América do Sul
  • Ciclo de Vida: Bienal
A capuchina é conhecida em diversas culturas, como uma planta multifuncional. Além de ornamental e medicinal, atualmente está muito na moda sua utilização culinária. Suas folhas são bastante arredondas e sem brilho. As flores podem ser simples ou dobradas de coloração amarela, laranja ou vermelha e são muito saborosas. Seu sabor é picante, em saladas frias, sucos e finalização de pratos. A floração ocorre na primavera e verão.
Pode ser plantada em vasos e jardineiras, assim como em maciços e canteiros e não raramente presta-se como forração. Se conduzida em suporte adequado, torna-se uma bela trepadeira.
Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil enriquecido com composto orgânico, com regas periódicas. Multiplica-se por sementes.
Medicinal
  • Indicações: Afecções da pele e anexos, problemas digestivos e pulmonares, escorbuto, insônia.
  • Propriedades: Bactericida, digestiva, expectorante, sedativa, tônica, rica em vitamina C.
  • Partes usadas: Toda planta com exceção da raiz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário