terça-feira, 18 de agosto de 2015

Alho para Detoxificar o Organismo




Alho para Detoxificar o Organismo 


Xenobióticos. Esta palavra pode ser até estranha em um primeiro momento, mas os malefícios destas substâncias não são desconhecidos de nosso corpo. Responsáveis pelo aumento da produção de radicais livres e de substâncias carcinogênicas, os xenobióticos podem ser resultado de reações metabólicas do organismo ou provenientes de agentes externos (agrotóxicos, aditivos químicos, poluição, etc).

Para se livrar destas toxinas prejudiciais, processo chamado de destoxificação, a primeira medida é deixar de lado a dieta desequilibrada e repleta de alimentos com baixo valor nutricional, que podem reduzir a capacidade destoxificante do organismo. "O fígado e o intestino são os principais órgãos envolvidos neste processo, mas para que consigam dar conta do recado é fundamental seguir uma dieta rica em vitaminas, minerais e fibras. Caso contrário, estes órgãos ficarão debilitados e o acúmulo de toxinas prejudicará seu bom funcionamento", afirma a farmacêutica Cristiane Fahl.

A farmacêutica ainda declara que é preciso rechear o cardápio com alimentos com ação antioxidante e destoxificante, como alguns chás e raízes, além de azeite extra-virgem, arroz integral, castanhas, nozes e leguminosas, que podem ajudar no processo. Dentre eles, o alho é um dos mais indicados para essa finalidade, pois é rico em compostos funcionais e considerado um potente antioxidante natural, com excelente atividade destoxificante.

Benefícios do alho

Seja na forma in natura ou pela suplementação com cápsulas, o alho não deve ser deixado de fora da alimentação diária. Utilizado desde a antiguidade como antioxidante, reúne inúmeros benefícios ao ser humano e é considerado um germicida natural, com 1/10 da potência antibiótica da penicilina. Também é capaz de estimular o sistema imunológico, ajudar no tratamento da hipertensão arterial leve, na manutenção de níveis saudáveis de glicose e colesterol e na redução do risco de formação de coágulos sanguíneos.


Mas além destes efeitos benéficos, o alho tem capacidade de detoxificar o organismo. "É um potente antioxidante natural, porque neutraliza os radicais livres provenientes dos xenobióticos. Por isso, ajuda o organismo a se proteger de doenças causadas pelo excesso de radicais livres, como o diabetes, a artrite reumatóide, o envelhecimento cutâneo e a obesidade", complementa a farmacêutica.

Serviço:

A orientação médica e nutricional nunca deve ser deixada de lado, principalmente por gestantes, nutrizes e crianças de até três anos, que somente devem consumir este produto mediante orientação profissional. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário