quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Cultivo da Erva-do-orvalho (Barrilha) Mesembryanthemum crystallinum L

Mesembryanthemum crystallinum Linnaeus

Reino Plantae

Filo Magnoliophyta

Classe Magnoliopsida

Ordem Caryophyllales

Família Aizoaceae

Género Mesembryanthemum

Nome Comum barrilha, erva-do-orvalho

Erva perene prostrada baixa, até 40 cm, gorda, com folhas cobertas de papilas cristalinas; floração março-novembro

Portugal Continental:  introduzida da África do Sul; litoral do Algarve à Estremadura; rochedos do litoral 

Açores: introduzida

Madeira:  introduzida

A ficha da espécie Mesembryanthemum crystallinum foi actualizada pela última vez em 2011-12-16.


Erva-do-orvalho, barrilha, erva-gelada ou planta-de-gelo

A erva-do-orvalho (Mesembryanthemum crystallinum), também conhecida como barrilha, erva-gelada e planta-de-gelo, é uma pequena erva rasteira que normalmente não ultrapassa os 10 cm de altura. Suas folhas suculentas e seus talos podem ser consumidos crus ou cozidos, e suas sementes também são comestíveis. Contudo, seu aspecto singular faz com que seja mais cultivada como planta ornamental do que como hortaliça, pois esta planta fica coberta com brilhantes células hipertrofiadas que armazenam água, dando a aparência de estarem cobertas de cristais de gelo ou de gotas de orvalho, fato que também explica vários dos nomes atribuídos a esta erva.

Clima
Esta planta não suporta geadas e baixas temperaturas, podendo ser cultivada em regiões de clima quente o ano todo, e nos meses de primavera e verão em regiões onde o inverno apresenta baixas temperaturas.

Luminosidade
Exige luz solar direta pelo menos por algumas horas diariamente.


A erva-do-orvalho ou barrilha geralmente não ultrapassa 10 cm de altura, crescendo rasteira sobre o solo

Solo
Melhor cultivar em solo bem drenado, fértil e rico em matéria orgânica, embora esta planta suporte solos pouco férteis, solos arenosos e até mesmo solos salinos.

Irrigação
Irrigue de forma a manter o solo levemente úmido, sem permitir que fique encharcado. Esta erva é resistente a seca, mas cresce melhor e tem melhor aspecto se não faltar água

Mudas de erva-do-orvalho ou barrilha

Plantio
O plantio pode ser feito com sementes ou com ramos de plantas saudáveis. As sementes podem ser semeadas no local definitivo em regiões quentes ou em sementeiras, pequenos vasos e outros recipientes, sendo depois transplantadas. Em regiões sujeitas a baixas temperaturas, semeie na primavera em local protegido e transplante no fim da primavera ou começo do verão, quando não houver mais perigo de ocorrer geadas. As sementes podem ficar na superfície do solo, cobertas apenas com uma leve camada de solo peneirado.

Ramos de plantas saudáveis e que não estejam florescendo também podem ser utilizados para propagar as plantas. Os ramos podem ser enterrados parcialmente em vasos com solo mantido bem úmido até o enraizamento, quando as mudas são então transplantadas para o local definitivo.

O espaçamento para o cultivo pode ser de 30 entre as linhas de plantio e de 15 a 30 cm entre as plantas. A erva-do-orvalho pode ser cultivada facilmente em vasos e jardineiras.

Tratos culturais
Retire as plantas invasoras que estejam concorrendo por nutrientes e recursos.

As folhas da erva-do-orvalho, normalmente verdes, vão se tornando avermelhadas no verão, quando há alta incidência de radiação solar

Colheita
A colheita das folhas e talos jovens da erva-do-orvalho ou barrilha pode começar cerca de 30 dias após o plantio, mas isso pode variar com as condições de cultivo. Colha apenas as folhas e talos necessários ou colha todas as folhas e talos jovens. A planta normalmente rebrota rapidamente, de forma que podem ocorrer várias colheitas separadas por algumas semanas. Em regiões quentes, esta planta é perene.

Nenhum comentário:

Postar um comentário